quarta-feira, 10 de março de 2010

Ao Meu Amor Com Carinho.


Quem pensaria?!
De breves conversas.
De pouca proximidade.
Eis que você surgiria?!

Quem adivinharia?
Dos simples olhares.
De minuta iminência.
Eis que você me bastaria ?!

Quem sonharia?
De aprazíveis abraços.
No rubror de seus beijos.
Eis você: que me despertaria!

Quem falaria?
Dos veementes toques.
De ténues sussurros.
Que você me conquistaria?!

Quem julgaria ?
Do vigor de minha alma.
No auge de minha emoção.
Que eu te assustaria?!

Quem criticaria?
Meu afável pranto.
Meu embaraçado papo.
E que com você eu falharia?!

Amor, amado, querido.
Diga-me o que você faria
Se já não pudesse voltar atrás?!

Se seu coração já fora apetecido
pelo sentimento sincero
de que você é o quê eu quero?!

4 comentários:

Rafael Perfeito disse...

Sei lá se esse fundo rosa combina com os seus escritos... risos.
Parecem bem mais densos.
Pq parou?

Luiz Brisa disse...

ownnn tem alguem amando
*o*

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

Um poema delicado e um poema que é ideal para quem está intensamente amando...

Eu a Mah disse...

hummmmmmmmmmmmm
ai, amei!
é tã bom falar assim, de quem se gosta né?
"Quem adivinharia?
Dos simples olhares.
De minuta iminência.
Eis que você me bastaria ?!"
Eis que vc me vastaria...e bastou!


continue assim...


beijos e queijos

http://meninabezerra.blogspot.com/2010/06/falar-da-pessoa-que-amo.html